Você está aqui: Página Inicial > Estudantes > Nosso canto > publicações > Estou apenas protegendo minha inocência

Geral

Estou apenas protegendo minha inocência

Arte

publicado: 26/04/2019 14h40 última modificação: 26/04/2019 14h40

Estou apenas protegendo minha inocência

 

Gabriel Vergopolan[1]

Meu amor, estou apenas sendo uma criança

Eu te amo, apenas te amo como uma mãe ama seu filho

Desculpa, eu sempre estrago tudo...

Estava apenas protegendo minha inocência de amar!

 

Estou sem rumo certo... Sempre fui sem rumo certo!

Não fique bravo, por favor... Eu sempre te amei.

Estou apenas seguindo o caminho certo...

Estou apenas protegendo minha inocência!

 

O dia está tão sem sentido sem você...

Estou querendo te proteger... Estou apenas protegendo nossas vidas!

Você nunca parou para pensar em nossas vidas...

Não! Eu estava se protegendo de você...

 

Eu abrigo tanta confusão dentro de meu peito...

Eu abrigo, eu abrigo, eu abrigo minha inocência de te amar!

O dia está frio, igual a atmosfera que nos cerca...

Estou apenas protegendo minha inocência

 

Minha vida, meu amor, enterre nosso amor...

Enterre nosso querido amor!

Estava apenas protegendo nosso querido amor...

Estou apenas protegendo minha inocência!

 

Não se perca de nosso querido amor... Por favor!

Meu amor, aguente firme a vida... Somente aguente!

Me perdoe, me perdoe... eu estava... eu...

Estou apenas protegendo minha inocência!

 



[1] Acadêmico do 3º ano do curso de Letras (espanhol) da Unespar, campus de União da Vitória