Você está aqui: Página Inicial > Notícias > CAD aprova proposta que aumenta em 263% o financiamento institucional para bolsas na graduação e pós-graduação

Geral

CAD aprova proposta que aumenta em 263% o financiamento institucional para bolsas na graduação e pós-graduação

Geral, Ensino

por Aline de Oliveira Silva publicado: 25/09/2020 10h58 última modificação: 25/09/2020 10h58

Foi aprovado ontem (24), pelo Conselho de Administração e Finanças (CAD) da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), um novo regulamento que estipula e normatiza o financiamento de bolsas para estudantes de graduação e pós-graduação com recursos próprios da instituição. De acordo com o pró-reitor de Administração e Finanças da Unespar e propositor da norma, professor Rogério Ribeiro, hoje a instituição mantém cerca de 30 bolsas. Com a norma aprovada, o número pode saltar para 109 bolsas - um aumento de aproximadamente 263%. 

A proposta apresentada pela Pró-Reitoria de Administração e Finanças (Praf) teve base em um estudo orçamentário desenvolvido. O fundo permanente de financiamento institucional de bolsas será destinado aos programas de pós-graduação stricto sensu, iniciação científica e tecnológica, monitoria, permanência, extensão e cultura, sendo estes dois últimos inéditos na instituição. 

Conforme explica o pró-reitor, a proposta de criação destas bolsas só se tornou viável graças ao trabalho de recomposição orçamentária, gestão fiscal e eliminação de dívidas desenvolvido pela gestão da universidade. "Nos anos anteriores, não conseguimos normatizar programas institucionais de bolsa por problemas orçamentários. Agora, com o equilíbrio orçamentário, é possível termos uma regra de financiamento de concessão de bolsas que seja sustentável", destaca. "Passamos de 2019 para 2020 sem dívidas, agora é o momento de criar políticas estruturantes", complementa. 

PROGRAMAS FINANCIADOS - A pós-graduação e a pesquisa terão um avanço com a aprovação do texto. Com o financiamento, as bolsas de mestrado passam de duas para sete. No âmbito da pesquisa, o financiamento aumenta de 10 para 20 o número de bolsas institucionais destinadas ao programa de Iniciação Científica (IC) e estabelece oito bolsas para o programa de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (Pibiti). 

As bolsas de permanência também obtiveram um pequeno aumento, passando para 25. Já o programa de monitoria passa a contar com 21 bolsas, sendo que, destas, 7 são para mediação inclusiva. Além do quantitativo, o texto estabelece a continuidade destas bolsas, de forma que sejam pagas durante todo o ano aos beneficiados. A norma estabelece, ainda, bolsas inéditas na instituição: Iniciação em Extensão e Iniciação em Cultura, que contarão com 20 e 8 bolsas, respectivamente. 

Outras duas propostas que normatizam o financiamento de bolsas de graduação e pós-graduação com recursos do Tesouro consignados no orçamento da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG) devem ser votadas em uma próxima sessão do CAD.

Acompanhe a Unespar nas redes sociais

www.facebook.com/UnesparOficial

www.twitter.com/UnesparOficial 

Resultado de imagem para instagram www.instagram.com/unespar/

www.youtube.com/unesparaovivo